Construção

5 construtoras para investir na bolsa de valores

14/12/2020

De volta à tendência, as construtoras apresentaram uma virada espetacular em 2019 e, atualmente, possuem boas perspectivas para os próximos anos. Por isso, reunimos 5 construtoras para investir na bolsa de valores.

As construtoras listadas estão entre as empresas do setor que mais atingiram recordes em 2019. Além disso, a maioria das opções apresentou resultados positivos em 2020. Confira as empresas indicadas do setor de construção civil:

 

MRV (MRVE3)

 

Construtora e incorporadora brasileira, a MRV Engenharia e Participações atua no mercado de empreendimentos residenciais populares. Grande parte das obras são do programa “Minha Casa Minha Vida”, do governo federal.

 

Atualmente, a empresa está presente em 158 cidades de 21 estados do Brasil. As unidades comercializadas pela construtora possuem preço médio de venda de R$ 152 mil, de acordo com o site InfoMoney. A sede da MRV está localizada em Belo Horizonte, Minas Gerais.

A empresa ocupa o pódio das construtoras mais valiosas da bolsa de valores. Segundo dados divulgados pelo Money Times, a MRV obteve uma alta de 133% durante o período de dezembro de 2014 a setembro de2019. O percentual equivale a R$ 7,8 bilhões.

No primeiro trimestre de2020, a empresa manteve-se como uma das mais atrativas para investir na B3. De acordo com análise da Capitalizo, o volume de vendas no período atingiu seu maior nível da história. Isso porque a MRV reportou receita líquida de R$1,6 bilhão, com acréscimo de 5,2% em relação ao 2T19.

 

Cyrela Brazil Realty (CYRE3)

 

Sediada no estado de São Paulo, a Cyrela Brazil Reality é considerada uma das maiores empresas do mercado imobiliário brasileiro na incorporação de empreendimentos residenciais. Está presente em 16 estados e 66 cidades do Brasil, além da Argentina e Uruguai.

É dividida em bandeiras para atuar em segmentos distintos do mercado, sendo a Vivaz com foco no “Minha Casa Minha Vida”. Já a marca Living é voltada a empreendimentos para a classe média. E a Cyrela, por sua vez, está direcionada a negócios com imóveis de alto padrão.

A Cyrela Brazil Reality é líder quando se considera o valor do mercado, de acordo com o Money Times. Em setembro de 2019, a empresa obteve um salto de 150% em relação ao mês de dezembro de 2014, resultando em R$ 10,5bilhões.

No segundo trimestre de2020, a empresa apresentou um lucro líquido de R$ 92,9 milhões em relação ao mesmo período no ano anterior. Já as ações da Cyrela acumularam alta de 9,31% nos últimos 12 meses. As informações são do site The Cap.

 

Tenda (TEND3)

 

Fundada em 1969 no estado de Minas Gerais, a Construtora Tenda também está entre as principais construtoras e incorporadoras do Brasil. Com sede em São Paulo, a empresa concentra os seus empreendimentos nas faixas 1,5 e 2 do programa “Minha Casa Minha Vida”.

Dessa forma, a estratégia da Tenda é iniciar as vendas dos imóveis somente depois de todas as aprovações e enquadramentos ao programa, que é destinado a famílias de classe média baixa. A empresa é destacada, inclusive, por entregar todos os seus empreendimentos dentro do prazo.

De acordo com análise daCapitalizo, durante o primeiro trimestre de 2020, a empresa reportou receita líquida de R$ 526,1 milhões. O valor representa um acréscimo de 7,6% em relação ao 2T19.

O destaque vai também para o incremento de 22,5% no número de unidades vendidas, além da elevação de 4,7% no preço médio de venda. A maior participação de São Paulo no mix, segundo o site, colaborou para o resultado positivo.

 

Ez Tec (EZTC3)

 

Empresa brasileira de capital aberto, a Ez Tec é uma das principais incorporadoras e construtoras da região metropolitana de São Paulo. São mais de 40 anos de experiência em negócios que abrangem tanto edifícios residenciais quanto comerciais.

Com um modelo de negócio integrado, a Ez Tec já lançou mais de130 empreendimentos. A empresa também desenvolve uma série de programas com o objetivo de diminuir o impacto de suas atividades no meio ambiente. O mais conhecido deles é o Programa de Gestão de Resíduos.

A Ez Tec é vice-líder quando se considera o valor de mercado, de acordo com dados divulgados pelo Money Times. Em setembro de 2019, a empresa foi avaliada em R$ 9,97 bilhões na bolsa. Um aumento muito significativo se comparado há cinco anos, quando a cifra era de R$ 3,2 bilhões.

No primeiro trimestre de2020, contudo, a empresa sofreu decréscimos com a suspensão de vendas e ausência de lançamentos no período, além da pandemia da Covid-19. Conforme analisado pela Capitalizo, a Ez Tec reportou lucro líquido de R$ 68,0 milhões no 2T20, valor 28,0% menor que o lucro apresentado no 2T19.

 

Direcional (DIRR3)

 

Com sede em Belo Horizonte, Minas Gerais, a Direcional Engenharia é uma construtora e incorporadora brasileira com foco em empreendimentos populares de grande porte. Uma das cinco maiores construtoras do Brasil, atua principalmente nas regiões norte, centro-oeste e sudeste do país.

A Direcional é a construtora que mais contratou empreendimentos no programa “Minha Casa Minha Vida”, no segmento Faixa 1. Ela atingiu 5% de participação no consolidado da primeira e segunda fase do programa. As informações são do site Info Money.

Durante o primeiro trimestre de 2020, a Direcional apresentou forte queda de receitas no segmento de serviços, compensado pela venda de imóveis. De acordo com a análise da Capitalizo, a Receita Bruta atingiu R$ 439milhões no 2T20. Um aumento de 48% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A empresa também reportou aumento significativo no lucro líquido. Durante o período, a Direcional alcançou o valor de R$ 33,9 milhões no 2T20. O número é 30,9% maior que o lucro reportado no 2T19.

 

E aí, gostou da lista? Além desta publicação, aqui no Blog você encontra muitos outros conteúdos envolvendo empresas do ramo de construção civil e arquitetura.

Que tal dar uma olhada em nossa publicação sobre os 5 prédios mais altos do mundo? Acesse aqui.

Compartilhar:
Carol Fernandes
Jornalista
veja todos os posts do blog