Marketing

Dicionário do Marketing Digital: 46 termos que você precisa conhecer

9/3/2021

Branding, Deadline, Feedback… Com tantos termos relacionados ao Marketing Digital, pode parecer confuso para quem não é ou está começando na área. Por isso, para solucionar a dúvida de uma vez por todas, reunimos 46 termos que você precisa conhecer. Confira: 

A

Analytics: Normalmente é usado para se referir à ferramenta Google Analytics, que fornece dados e informações sobre o seu site. Inclui números de visitantes, tempo de visita e origem de entrada. Redes sociais, como Facebook e Instagram, também possuem a funcionalidade. 

Anúncio: Corresponde às publicações pagas na internet, também conhecido como mídia paga. O investimento pode acontecer dentro de uma rede social ou mesmo no Google. Falamos mais sobre o assunto em “Principais motivos para você investir em anúncios na internet”

B

B2B (Business-to-Business): É usado para descrever empresas que vendem para outras empresas. É o caso das que fornecem matéria-prima para as indústrias. 

B2C (Business-to-Consumer): É usado para descrever empresas que vendem diretamente aos consumidores, tipo mais comum no mercado. 

Brainstorm: Famosa “chuva de palpites”, normalmente é feita em grupo para levantar ideias sobre algo que será criado. 

Brand Persona: Personagem criado com características que correspondam ao público ideal da empresa ou que pretende alcançar. 

Branding: É o nome dado ao processo de criação e gestão de uma marca no mercado. Reúne identidade visual, estratégias de posicionamento e relacionamento com o público. 

Briefing: Também conhecido como “resumão”, reúne todas as informações necessárias para o desenvolvimento de um trabalho para um determinado cliente. Deve incluir recursos e objetivos. 

Budget: Corresponde ao orçamento de um trabalho, incluindo todos os investimentos e despesas.

Buzz marketing: É uma técnica para potencializar o famoso “boca a boca” sobre uma marca, campanha ou produto. Pode acontecer por meio de conversas ou discussões em larga escala nas redes sociais.


C

Calendário Editorial: Funciona como uma agenda para organizar tudo relacionado às publicações de conteúdos de uma marca ou site conforme o tempo. Pode incluir redação, criação e entrega. 

Campanha: Reúne uma série de ações com o objetivo de promover uma marca, produto, serviço ou ideia. Apresentamos exemplos em “6  campanhas criativas para se inspirar”.

Case: Em português, a tradução significa “caso”. Normalmente utilizado quando se quer dar um exemplo de uma situação, trabalho ou história de uma campanha. 

CEO: É a sigla de “Chief Executive Officer”, que corresponde ao diretor executivo, o maior cargo depois do presidente de uma empresa.

Clipping: Muito comum em assessorias de imprensa, é reunir informações veiculadas na mídia sobre um determinado produto, marca, empresa, serviço ou, até mesmo, figura pública. 

Conteúdo evergreen: Corresponde aos conteúdos que agregam valor aos leitores independente do tempo. Artigos publicados em blogs normalmente têm essa função. 

CRO: É a sigla de “Conversion Rate Optimization”, que reúne estratégias para aumentar o percentual de conversões em um site, impactando no número de vendas ou leads gerados. 

CTA: É a sigla de “Call-To-Action” que, em português, significa “Chamada Para Ação”. É incentivar o usuário a tomar uma determinada atitude, como clicar em um link. 


D

Deadline: Corresponde ao prazo final para a realização de um determinado trabalho. 


E

E-mail Marketing: É utilizar o e-mail como meio de divulgar mensagens e conteúdos, estabelecendo contato direto com o usuário. 

Engajamento: Corresponde ao envolvimento e às interações que os usuários têm com conteúdos publicados nas redes sociais.


F

Feedback: É todo o tipo de retorno sobre um produto ou serviço. Normalmente é usado pelas agências e empresas para aprovar, melhorar ou descartar um trabalho. 

Funil de vendas: Representação em pirâmide invertida dos diferentes estágios em que os potenciais clientes de uma empresa estão no processo de venda. É dividido em: Topo de Funil, Meio de Funil e Fundo de Funil.


G

Growth Hacking: Reúne estratégias que buscam gerar um crescimento rápido na base de clientes, envolvendo diferentes setores e canais. 


H

Hiperlink: Uma das funções mais usadas na estratégia de SEO. É criar um atalho dentro de uma publicação que direciona para outra página, sendo do mesmo site ou de outro. 


I

Inbound Marketing: Também conhecido como “Marketing de Atração”. É uma forma de publicidade on-line em que a empresa se promove através do conteúdo, como e-books e vídeos. 

J

Jornada de compra: Relacionado ao Funil de Vendas, é o caminho que um potencial cliente percorre antes de fazer uma compra. Inclui quatro etapas: aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema, consideração da solução e decisão de compra.

K

KPIs: É a sigla de “Key Performance Indicators”. Corresponde aos indicadores quantitativos utilizados para mensurar as ações e monitorar o cumprimento das metas. 

L

Layout: É o esboço de um projeto gráfico de um produto que envolve textos, ilustrações e imagens. Um exemplo disso são os sites. 

Lead: Termo utilizado para se referir a um potencial cliente, que costuma ser um usuário que demonstrou interesse na empresa e inseriu dados em um formulário de conversão. 

M

Marketing de Conteúdo: Parte da estratégia de Inbound Marketing, tem o objetivo de atrair público-alvo por meio da produção e publicação de conteúdos relevantes. O mais comum são os textos. 

Merchandising: É quando um determinado produto, marca ou serviço é citado ou aparece sem as características explícitas de anúncio publicitário. Pode acontecer, por exemplo, em programas de televisão, séries e filmes.

Métricas: São informações que permitem acompanhar o desempenho das ações de marketing na internet. Dados sobre visualizações, curtidas e engajamento são considerados métricas, por exemplo.


N

Network: É desenvolver uma rede de contatos, criando relacionamentos com profissionais e clientes que tenham interesses em comum e que possam compartilhar serviços, experiências e informações.

Newsletter: Relacionado ao conceito de Lead, trata-se do conteúdo que é enviado por e-mail para uma lista de assinantes de uma empresa.

O

Outbound Marketing: É o modo mais tradicional de fazer marketing Neste caso, os anunciantes usam a publicidade para alcançar os consumidores. O exemplo mais conhecido são os comerciais de TV.



Plano do marketing: É um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos. Pode ser para a marca, um produto, serviço ou linhas de produtos.


R

ROI: É a sigla para “Return on Investment” que, em português, significa Retorno Sobre Investimento. Corresponde à relação entre a receita e os gastos. 

S

SAC 2.0: Serviço de atendimento ao consumidor que utiliza as redes sociais para ter um contato mais próximo dos usuários. 

SEO: É a sigla de “Search Engine Optmization”. Reúne estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site nas páginas do Google. Falamos mais sobre isso em “O que é Google Trends e como usá-la em empresas de construção civil”.

Storyboard: Importante para o videomarketing, é um rascunho que mostra como acontecerá cada uma das cenas de um vídeo a ser criado. Serve para pré-definir, exemplificar e ilustrar quadro a quadro da história.

Storytelling: Técnica de contar uma história criando uma narrativa, normalmente com recursos audiovisuais, que envolva o público. Falamos mais sobre isso em “Saiba como o storytelling em vídeos pode contribuir com empresas da construção civil”.


Taxa de Conversão: Corresponde ao número de usuários que completam uma determinada ação esperada pela marca ou empresa. Assim, eles se tornam leads. 

Teste A/B: É um teste feito com duas ou mais versões de uma página ou publicação. E, a partir da resposta dos usuários, é possível avaliar qual é a melhor.

Tráfego Orgânico: Reúne métricas como visitas de um site e seguidores nas redes sociais que são conquistadas sem precisar investir em anúncios, por exemplo. São espontâneos. 


W

Webinar: É qualquer conferência, reunião, palestra ou seminário realizado pela internet. Normalmente, acontecem em transmissão ao vivo. 

Se você gostou desta publicação, recomendo que conheça os outros conteúdos disponíveis em nosso Blog


A agência TAKET é formada por especialistas no setor da construção civil. Se você quer se manter competitivo no mercado mais tradicional do Brasil, clique aqui e fale com um consultor.

Compartilhar:
Carol Fernandes
Jornalista
veja todos os posts do blog