Marketing

O que é posicionamento de marca e por que é importante para empresas da construção?

13/3/2021

O que é posicionamento de marca


Para colocar-se adequadamente no mercado, as empresas precisam aprender a transmitir seus valores, sua cultura e seu modo de agir - tudo, enfim, que compõe a sua imagem perante o público.

Esse trabalho pode ser realizado tanto por empresas iniciantes que buscam uma brecha para se firmar na competição, quanto por grandes corporações que sentem falta de uma identidade mais própria diante da concorrência.

O nome disso é branding, e é importante para todos os segmentos do mercado, inclusive a construção civil.


Como posicionar a sua marca no mercado


É verdade que esse processo de posicionar uma empresa é gradual e maleável. Muitos tentam compreendê-lo e capturá-lo em técnicas e fórmulas, mas é impossível. Por mais que sejam desenvolvidos métodos muito úteis, nada poderá substituir a experiência e a testagem.

Isso é assim porque cada empresa se relaciona de um jeito com seus clientes, e cada tipo de cliente busca um tipo de relacionamento com as empresas.

Todo marketing precisa de um plano bem elaborado e próprio. Posicionar-se na internet é posicionar-se diante do seus clientes, não diante de uma generalização metodológica (o que não significa, é claro, que não haja uma base de semelhança entre os clientes da construção civil).

Ainda assim, os canais nos quais as empresas irão operar serão sempre os mesmos. Por mais que a sua abordagem varie, repare que o caminho seguido pelo consumidor será sempre praticamente igual.

Para montar um bom plano, é necessário conhecer bem todas as plataformas por onde o marketing se exerce e saber quais são os passos que melhor conduzem para o objetivo definido pela empresa, de acordo com o seu tipo de público, ou persona. E com base nisso agir corretamente em cada uma das plataformas.

Esse trabalho todo é o que ocupa todo o tempo das agências de Marketing Digital como a Taket. Sabendo do benefício que isso pode trazer para as construtoras (porque há alguns anos trabalhamos com elas), formulamos estratégias com esse tipo de pensamento e propósito. Se você quiser ajuda com isso, clique aqui e conheça um pouco mais.


Como o cliente de hoje encontrará a sua empresa


Hoje em dia, a menos que o cliente já conheça a sua marca, ele só poderá chegar a conhecer você se receber alguma recomendação, ou se topar com o nome da sua empresa nas redes sociais e no Google: ao navegar nas redes, ou ao fazer uma pesquisa por temas relacionados ao seu negócio.

Depois de te encontrar, o consumidor ainda vai querer conhecer melhor a sua empresa. Preste atenção: são milhares de outras opções a apenas um clique de distância. Ele não vai te ligar antes de conferir as suas redes sociais e site. E encontrar uma página entregue às moscas não lhe será muito atraente. A sua identidade e profissionalismo precisam estar aparentes ali.

Só com isso você já deve ter percebido a importância de estar presente, de maneira sólida e atraente, em cada uma dessas plataformas com que o seu potencial cliente irá se deparar.

É aí que está a essência do Marketing Digital. No posicionamento.


As bases do posicionamento de marca


1) Branding


O nome do processo inicial de construir sua marca na internet, como dissemos, é branding.

“Branding” vem de “brand”, “marca” em inglês. Quer dizer, é o trabalho de estabelecer a marca, isto é, a imagem da empresa no ambiente digital.

Isso envolve toda a estratégia de consolidação da marca: desde a construção da identidade visual até a relação com o público. Envolve contar sua história, apresentar e exaltar seus produtos, e comunicar-se sempre com os clientes e potenciais clientes.

É por aqui que você vai se encaixar em cada uma das plataformas que percorremos no itinerário acima:


  • Google Meu Negócio, para ser encontrado nas pesquisas;
  • Site, para apresentar seu negócio;
  • Facebook, para interagir com o público;
  • Instagram, para divulgar as atividades da empresa;
  • LinkedIn, para consolidar-se como autoridade no mercado.


2) A marca não vive sozinha: harmonia de todos os setores da empresa


A comunicação é a ponta do iceberg. O trabalho dela é divulgar adequadamente um produto ou serviço, ressaltar suas qualidades e esclarecer sua necessidade ou benefício, convencendo o cliente.

Mas o marketing não vive sozinho. A apresentação do produto, por mais bem feita que seja, ou é verdadeira e convence pela qualidade dos materiais apresentados, ou é enganação. E o pior marketing é o que tenta enganar seu público.

TODOS os setores da empresa devem estar integrados numa evolução constante.

E por isso a inovação tecnológica e todos os outros fatores em constante transformação que citamos no início precisam estar integrados e harmonizados.

Um posicionamento de marca sólido só é possível quando a marca já assumiu uma postura sólida consigo mesma.


Com isso, estamos convencidos de que trabalhar o posicionamento de marketing é indispensável para qualquer empresa, e com o ramo da construção civil não é nada diferente.

Siga o Taket Marketing no Linkedin para receber mais artigos como este e aprofundar-se nestes temas.


Compartilhar:
Rafael da Fonseca Rosa
Redator e Tradutor
veja todos os posts do blog